Ressonância Magnética

oriente-niteroi

pré-Agende agora mesmo
seu exame pelo fone

51 3378.9898 

ou pré-agende pelo formulário

Exames

Ressonância Magnética

Ressonância Magnética

A Ressonância Magnética é uma modalidade de diagnóstico médico por imagem baseada no uso de fortes campos magnéticos e ondas de radiofrequência. Ao aplicar ambas controladamente sobre o corpo humano e, posteriormente, enviar os dados gerados para um computador, é possível criar imagens extremamente detalhadas. Estas imagens podem ser de praticamente qualquer parte do corpo.

A principal vantagem da Ressonância Magnética sobre outras modalidades similares é a ausência de radiação ionizante. Por causa disto, é um exame extremamente seguro na grande maioria dos casos e sem consequências a longo prazo. A restrição mais comum se dá devido a presença de implantes ou objetos de metal no corpo, já que são afetados pelo campo magnético gerado pelo equipamento.

O uso do contraste à base de gadolínio é inestimável em alguns casos pois auxilia na identificação da anatomia e de possíveis alterações. Este contraste é específico para exames de Ressonância Magnética e, comparado com o baseado em iodo, é mais seguro e promove menos efeitos colaterais

Orientações gerais para exames de Ressonância Magnética:

  • Comparecer a Medicina Diagnóstica com 30 minutos de antecedência
  • Trazer exames anteriores relacionados a área investigada
  • Evitar roupas de difícil remoção ou com adereços de metal
  • Não comparecer com os cabelos molhados
  • Retirar anéis, colares, adornos ou objetos metálicos antes do comparecimento
  • Acompanhantes não são exigidos, exceto em exames realizados em menores de idade
  • Pacientes gestantes poderão realizar o exame somente a partir do segundo trimestre de gestação e com autorização por escrito do médico solicitante.

Orientações para exames com o uso de contraste (gadolínio):

  • Pacientes que se encaixam em uma ou mais das opções abaixo devem trazer exame de creatinina recente (realizado nos últimos 2 meses):
    – Idade acima de 70 anos
    – Insuficiência renal, doença reumatológica ou gota
    – Histórico de diabetes e/ou hipertensão arterial
  • Pacientes com um ou mais dos seguintes históricos de alergia devem obrigatoriamente passar por entrevista com médico radiologista, presencialmente ou por telefone:
    – Reação prévia a contraste a base de gadolínio
    – Alergia alimentar ou a medicamentos
    – Asma
    – Rinite alérgica em uso de medicação diária
  •  A entrevista prévia tem por objetivo identificar situações de risco aumentado de reação ao contraste, o que pode exigir o uso prévio de medicamentos específicos ou acompanhamento anestésico durante o exame. Não fazer a entrevista pode impedir a realização do exame.