Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elit.

This is some text inside of a div block.

Lorem ipsum dolor sit amet, consetetur sadipscing elit.

This is some text inside of a div block.

Emergency Case

If you need a doctor urgently outside of medicenter opening hours.
Button Text

Se tenho alergia a camarão vou ter ao contraste? Posso tomar medicações para não ter risco de alergias no exame?

Essas e outras perguntas a gente responde aqui:

Quase todo mundo sente medo do desconhecido. Isso é normal, já que é uma reação natural do ser humano: temer aquilo que não sabe muito bem o que é ou como funciona. E, com o contraste, não é diferente. 

São várias as substâncias utilizadas para visualizar melhor veias e órgãos do corpo nos exames de Tomografia, Ressonância ou Raio-x, mas hoje falaremos do contraste iodado, usado na Tomografia Computadorizada. 

QUAL A FUNÇÃO DO CONTRASTE?

O contraste é uma substância química, que têm a função de realçar áreas específicas do corpo, delimitando e diferenciando tecidos normais de lesões ou processos inflamatórios, por exemplo. A maior parte dos exames contrastados é realizada na região abdominal, a fim de mostrar órgãos e outras partes dos sistemas digestivo, reprodutor e urinário.

Abaixo, listamos as principais dúvidas de nossos pacientes em relação a utilização do contraste e desmistificamos alguns mitos também:

ALERGIA A FRUTOS DO MAR

Durante anos, pessoas acreditaram que a alergia a frutos do mar seria um fator desencadeante de reações adversas, mas isso não é verdade. O iodo não é retirado de frutos do mar e essas alergias não estão correlacionadas. Só não coma camarão antes de vir para o exame!

AMAMENTAÇÃO 

É seguro realizar a amamentação após realizar um exame com contraste pois uma quantidade muito pequena é excretada no leite. E dessa quantidade, uma menor ainda é absorvida pelo intestino do bebê. Se ainda assim ficar receosa, pode desprezar o leite das próximas 12-24h após o exame. 

REAÇÃO AO GADOLÍNIO

Se você teve reação com o contraste realizado com gadolínio (no exame de Ressonância Magnética) não quer dizer que terá com o iodado. Não existe reação cruzada entre eles. 

EVOLUÇÃO DO CONTRASTE 

Os contrastes iodados utilizados nos dias atuais têm índices de reações alérgicas bem menores (1% à 3%) em comparação aos anteriores (5% à 15%). O contraste que usamos aqui na MD, por exemplo, é não iônico e de última geração. Além disso, usamos baixa dose de contraste. 

REAÇÕES ADVERSAS

As mais comuns, classificadas como leves, são sintomas como urticária, náuseas, dor de cabeça ou vômito e ocorrem em poucos pacientes. Reações graves, como edema de glote ou choque anafilático, são raros. Nossa clínica tem toda estrutura e treinamento para lidar com qualquer situação alérgica, que, em 95% dos casos, se manifesta nos primeiros 5 ou 10 minutos.

ANTIALÉRGICOS E MEDICAÇÕES 

Não há consenso sobre a eficácia de tomar medicamentos pré-contrastes. A prescrição deve ser indicada, já que corticoides e anti-histamínicos também possuem efeitos colaterais. O benefício do diagnóstico supera o risco baixo de uma reação alérgica. 

PACIENTES DE RISCO

Alérgicos, cardiopatas, diabéticos e pacientes com insuficiência renal são pacientes de risco. Nestes casos, a recomendação é fazer o exame de creatinina para verificar a saúde dos rins e manter o corpo hidratado com ingestão de água. 

MEDO INFUNDADO

Imagine você deixar de fazer um diagnóstico de um tumor, trombose ou infecções sérias por causa de receio de talvez ter uma reação alérgica em um ambiente controlado?

O uso dos contrastes pode causar reações adversas tanto quanto medicações e seus benefícios são inegáveis para o diagnóstico de doenças graves.

Se ainda assim você ficou com dúvidas, entre em contato pelo nosso WhatsApp que a nossa equipe está a disposição para responder seus questionamentos e agendar o seu exame!

O diagnóstico precoce salva vidas.



Últimas Novidades